21 de julho de 2010

O gênese

Aqui é o Começo de algo que não sei o fim,
Não sei se terá fim,
Não penso no fim,
Começam agora os devaneios de alguém
Meus devaneios
Limpo a poeira,
Suspiro,
Olhos Abertos
Menino Grande não Chora.

3 comentários:

  1. Gostei!!


    Voltarei mais vezes!

    Valérie

    ResponderExcluir
  2. Parabéns muito bonito o
    que escreveu,gostei!
    E legal seu blog Parabéns!

    ResponderExcluir